Previsão do tempo: nova frente fria traz temporais ao Rio Grande do Sul

Segunda-feira, 13 de abril

Sul

O destaque no Sul do Brasil é a formação de uma nova frente fria. Há previsão de chuva na forma de temporais, onde as pancadas são fortes a partir da tarde, com descargas elétricas e rajadas de vento.

Segundo a Somar Meteorologia, chove desde o sul do Rio Grande do Sul até a região de Foz do Iguaçu, no sudoeste Paraná. O alerta vai para o risco de acumulados elevados, com formação de pontos de alagamentos no centro oeste do Rio Grande do Sul.

Do extremo nordeste gaúcho até o norte paranaense, o tempo firme predomina sob a influência de uma massa de ar seco. Salienta-se que no início do dia pode ter névoa úmida e nevoeiro no leste do Paraná.

Sudeste

O tempo firme segue predominando em quase todo o estado de São Paulo, assim como no oeste do Rio de Janeiro e no sul de Minas Gerais, a exceção no estado paulista desta vez é no norte paulista, mas tudo indica será uma chuva rápida, isolada e sem grande intensidade.

A chuva ainda se espalha por grande parte do Rio de Janeiro, em Minas Gerais e persiste especialmente no Espírito Santo.

Acumulados significativos ainda podem ser registrados no litoral norte capixaba e no nordeste de Minas Gerais, com riscos de alagamentos.

Centro-Oeste

O dia é marcado pelo retorno da chuva em Mato Grosso do Sul, devido a instabilidades no interior do continente. Apesar disso, a precipitação é uma chuva ainda sem grandes acumulados, que ocorre à tarde, depois de calor.

A mesma previsão vale para Mato Grosso, Goiás e Distrito Federal, mas vale ressaltar que a chuva ganha força no norte mato-grossense.

Nordeste

A chuva ainda promete afetar bastante o litoral sul baiano, o Maranhão e o Piauí. No entanto, na maior parte da Bahia, a chuva começa a perder intensidade comparada aos últimos dias. A chuva também perde força também no Ceará.

Norte

O início de semana tem a presença de chuva em toda a região Norte, provocadas por instabilidades em altos níveis da atmosfera. A chuva perde intensidade no Amazonas, mas ainda acontece com grandes volumes entre Pará e Tocantins. Entre o leste paraense e o norte tocantinense, o céu fica nublado e a chuva pode ocorrer a qualquer momento do dia.

Terça-feira, 14 de abril

Sul

O dia é marcado por chuva desde o início do dia nos três estados da região Sul, devido à passagem da frente fria. A precipitação dura ao longo do dia e vai ganhando força no decorrer da tarde e da noite. Há previsão de chuva intensa, com riscos de alagamentos.

Outro alerta é para as rajadas de vento, que podem ultrapassar 70 quilômetros por hora em toda a região, em especial nas faixas leste e sul.

O tempo firme volta a ocorrer apenas na Fronteira Oeste e Missões, no oeste gaúcho. Por conta dos ventos de sul e mais o tempo fechado em boa parte dos três estados, as temperaturas despencam, em comparação ao dia anterior.

Sudeste

Há previsão de chuva na madrugada da terça-feira e pela manhã no oeste e sul de São Paulo, que vai ganhando força ao longo do dia e se espalhando para as demais áreas do estado, pegando o sul de Minas Gerais, Triângulo Mineiro e o Rio de Janeiro.

“Atenção nessas áreas que chove, pois ela vem na forma de temporais, com rajadas de vento de mais de 60 quilômetros por hora e muitas descargas elétricas”, diz a Somar.

Chove intensamente também no Espírito Santo, com acumulados elevados e potencial para alagamentos, neste caso as instabilidades ocorrem pela influência da umidade que vem do mar, trazida pelas circulações dos ventos.

Centro-Oeste

Uma frente fria avança pelo Sul do país e organiza um corredor de umidade sobre o Centro-Oeste. Volta a chover forte em Mato Grosso do Sul e a chuva também se intensifica em Mato Grosso, inclusive com possibilidade para acumulados elevados de forma pontual em ambos os estados.

Em Goiás e no Distrito Federal, as pancadas são rápidas e acontecem a tarde.

Nordeste

A terça-feira é marcada por chuva na maior parte do Nordeste. A precipitação volumosa não dá trégua ao litoral da Bahia e ao Maranhão.
Do Ceará ao Sergipe, o sol predomina, mas ainda há condição para chuva rápida no período da tarde.

Norte

O dia é de chuva em todo o Norte do Brasil. O volume pode ser significativo na região de Porto Velho (RO), sudeste do Amazonas, metade sul do Pará e metade norte do Tocantins. Nas demais áreas, a chuva é mais curta e menos volumosa no fim da tarde. Ainda faz calor.